O Laboratório de Genética e Melhoramento Florestal desempenha suas atividades visando minimizar possíveis impactos ao meio ambiente. Dessa forma, são adotadas medidas relacionadas a gestão ambiental tais como controle do consumo de recursos naturais (água e energia) e armazenamento adequado dos resíduos químicos produzidos.

Os resíduos químicos no LabGeM são armazenados seguindo orientações técnicas e procedimentos de gerenciamento. Têm-se como referências manuais de descarte de resíduos químicos disponíveis na literatura, que tratam sobre procedimentos adequados para a área de genética molecular. Quando há demanda, os resíduos são coletados pelos responsáveis do Programa de Gestão Integrada de Resíduos da UFRN e encaminhados para sua destinação final.

Professores, técnicos e alunos trabalham de forma integrada a fim de dar a destinação adequada aos resíduos gerados. São utilizados alguns critérios importantes tais como não realizar o descarte na pia, esgoto ou terreno vazio; separar os resíduos em recipientes coletores adequados e devidamente identificados; armazenar os frascos coletores em local adequado; utilizar sempre equipamentos de proteção individual e/ou coletivo. 

O LabGeM adota a regra de responsabilidade objetiva, ou seja, cada um é responsável pelo resíduo que gerou. Além disso, adota a política dos 3 Rs: Reduzir + Reutilizar + Reciclar.

© 2016-2019 Fábio Vieira

Podcast..png
  • Facebook ícone social
  • Instagram
  • Twitter