Pinhão-manso: uma proeminente oleaginosa

Atualizado: 31 de Out de 2019


O pinhão-manso (Jatropha curcas L., Euphorbiaceae) é uma espécie conhecida pela forte resistência à seca, caracterizando-se pela adaptabilidade a condições adversas, como em lugares com solos degradados e com salinização dos solos e águas.


As sementes apresentam alto teor de óleo e são utilizadas na fabricação de biodiesel, que atualmente é importante por ser derivado de recursos renováveis em um mundo em que se busca constantemente alternativas para substituição dos recursos não-renováveis.


O LabGeM desenvolveu estudos referentes a propagação da espécie, onde foram realizadas pesquisas sobre a caracterização de frutos, sementes, plântulas, mudas e propagação vegetativa por meio da miniestaquia.


Os resultados demonstraram a eficácia de alguns métodos de propagação sexuada e vegetativa para a espécie, que são importantes para a conservação ex situ, clonagem e obtenção de plantios comerciais. Mais resultados aqui!

Fotos: Richeliel Albert

#áreasdegradadas #biocombustíveis #plantio #germinação #óleo #mudas #Euphorbiaceae #Jatrophacurcas #clonagem #propagaçãosexuada #propagaçãovegetativa #estaquia


Por Ageu Freire e Fábio Vieira, LabGeM

0 visualização

© 2016-2019 Fábio Vieira

Podcast..png
  • Facebook ícone social
  • Instagram
  • Twitter